Boris Johnson Cancela o Natal em Londres para Milhões de Pessoas


Boris Johnson cancelou o Natal de milhões de pessoas em Londres e no sudeste da Inglaterra depois que cientistas disseram que uma nova variante do coronavírus está se espalhando mais rapidamente. 

O primeiro-ministro anunciou hoje que a partir deste domingo (20) as áreas no sudeste atualmente no nível 3 serão movidas para nível 4, retornando as regras de Lockdown observadas de novembro. 

Lojas não essenciais, academias, cinemas, cabeleireiros e pistas de boliche serão forçadas a fechar por duas semanas, enquanto a população ficará restrita a encontrar-se com pessoas de outra família apenas em espaço público ao ar livre. 

O restante da Inglaterra também verá a política de "bolha" de Natal, que permite a reunião durante o período de feriado a no máximo três famílias, sendo severamente reduzida a apenas o dia de Natal.

Os principais pontos no novo anúncio:

  • Residentes em áreas que entram no nível 4 devem ficar em casa.
  • Lojas de varejo não essencial, academias de ginástica e serviços de cuidados pessoais devem ser fechados.
  • As pessoas não devem entrar ou sair de áreas de nível 4.
  • As pessoas só podem encontrar uma pessoa em um espaço público ao ar livre.

Não devem haver misturas no dia de Natal

Residentes em região em nível 4 não devem se misturar com ninguém fora de sua casa no dia de Natal, mas o esquema de "bolhas" permanecerá em vigor.

Para as outras camadas, as regras de Natal que permitem até três famílias agora serão limitadas apenas ao dia de Natal, em vez de cinco dias.

Casos confirmados de Coronavirus ultrapassa dois milhões

O número total de casos confirmados em laboratório de coronavírus no Reino Unido já passou de mais de dois milhões desde o início do surto, de acordo com o painel do governo.

Londrinos Não Poderão Viajar para o Exterior

Pessoas em todas as camadas foram aconselhadas pelo primeiro-ministro a "permanecer locais".

Boris Johnson disse que as pessoas devem "considerar cuidadosamente se realmente precisam viajar para o exterior".

Já aqueles que vivem no Nível 4, incluindo residentes em Londres, não terão permissão para viajar para o exterior a não ser por razões limitadas como, por exemplo, para fins de trabalho.

Aumento de Casos se deve a uma nova variante do COVID-19

O primeiro-ministro disse que as novas restrições são necessárias devido à disseminação de uma variante do coronavírus, que se transmite mais rápido do que o original.

"Nossos consultores do Grupo de Aconselhamento sobre Ameaças de Vírus Respiratórios Novos e Emergentes (Nervtag) passaram os últimos dias analisando essa nova variante. Não há evidências de que ela cause doenças mais graves ou mortalidade mais alta, mas parece ser transmitida de forma significativamente mais rápida.

Uma análise inicial feita pelo Nervtag sugere que a nova variante pode ser até 70 por cento mais transmissível do que a variante antiga.

"Estes dados são iniciais e estão sujeitos a revisão, mas são os melhores que temos no momento e temos que agir com base nas informações que temos porque agora estão se espalhando muito rápido."

Sir Patrick Vallance, o principal conselheiro científico do governo, disse que a nova variante do coronavírus contém 23 alterações diferentes, "muitas delas associadas a alterações na proteína que o vírus produz".

Ele acrescentou: "Este é um número invulgarmente grande de variantes, mas também tem variantes em áreas do vírus que são conhecidas por estarem associadas à forma como o vírus se liga às células e entra nas células.

"Portanto, existem algumas mudanças que causam preocupação em termos de aparência do vírus."

'Londres enfrenta seu Natal mais difícil desde a guerra', diz Sadiq Khan

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, disse: "Essas restrições adicionais são um golpe amargo para os londrinos que esperavam passar tempo com seus entes queridos em segurança neste Natal, e para as empresas que já sofreram tanto neste ano.

"Londres enfrenta seu Natal mais difícil desde a guerra e toda a cidade precisará se unir para nos ajudar neste período terrível.

"Implementar restrições não é suficiente - é imperativo que o governo aumente enormemente os testes em massa com urgência.

“Proporcionar maior apoio financeiro às empresas e autônomos, atualmente lamentavelmente insuficiente, é fundamental.

“O governo precisa estabelecer um esquema de compensação para todos os rendimentos perdidos no período festivo, bem como um pacote de remuneração integral para aqueles que são obrigados a se isolar.

"A cobertura facial deve ser obrigatória em todos os locais públicos ao ar livre movimentados.

"Londres e o país estão pagando o preço pelo fracasso contínuo do governo em controlar a pandemia. Esse caos e confusão contínuos poderiam ter sido evitados se o governo não tivesse feito promessas irresponsáveis ​​ao público e aumentado as expectativas sobre o período do Natal.

"Exorto os londrinos a seguirem de muito perto as novas restrições, para que possamos proteger nosso NHS e evitar mortes mais trágicas." Seria uma tragédia perder ainda mais pessoas para esta doença quando a vacina agora está sendo lançada em nosso cidade e essas vidas poderiam ser salvas. "

Uso de máscara obrigatório

É obrigatório o uso de máscara ou cobertura facial em ambientes internos como lojas ou locais de culto onde estes permanecem abertos, e nos transportes públicos, com excessão das pessoas isentas como aquelas com algum tipo de doença respiratória.

Cultos e Celebrações nas igrejas

De acordo com o site do governo (gov.uk), as pessoas em Tier 4 poderão sair de casa para ir a um local de culto para reuniões de louvor e adoração adoração comunitária, um funeral ou um evento relacionado para alguém que morreu, ou para visitar um cemitério ou um jardim de recordações, ou para comparecer a um casamento.  No entanto, funerais, eventos relacionados e casamentos estão todos sujeitos a limites quanto ao número de participantes.

Apesar de ninguém estar proibido de frequentar locais de culto, as pessoas não poderão se misturar com ninguém fora de sua casa ou bolha de apoio.

Fonte: Jornais locais e site oficial do Governo Britânico

No comments:

Post a Comment

Follow by Email-desc:Subscribe for Free to get all our newest content directly into your inbox.